Muita coisa vira vaso, confira nossas dicas

É ótimo fazer organização da casa, separar o que está usando do que não usa mais. Mas aí vem o desafio: o que fazer com aqueles utensílios que você adora, comprou com muito carinho ou ganhou de presente de casamento daquela pessoa especial, mas não está tendo utilidade no seu dia a dia. Então que tal fazer um vaso?

Isso mesmo, um vaso. Reaproveitar é a tendência do momento, reciclar é a palavra de ordem. Reutilizando desses materiais traremos benefícios ao meio ambiente, ao planeta em que estamos vivendo, já que reduzimos a quantidade de lixo.

Pensando nisso, vamos cuidar com carinho desses itens, dando-lhes novas utilidades, servindo para decorar a casa ou até mesmo presentear alguém.

Qual material utilizar

Há uma variedade imensa de objetos que podem ser utilizados como vasos de plantas. Para isso é necessário a utilização de um material precioso: criatividade e ousadia.

Como já falamos quase tudo pode ser utilizado como vasos: jarras, xicaras, bacias, telhas, baldes, panelas, galochas, escorredores de macarrão, chaleiras, ferro antigo, sapateiras, carriolas etc.

Viu, há uma enorme variedade de objetos, além desses, há também a opção de usar moveis: estante de madeira, cabeceira de cama etc.

Só tome cuidado, antes de iniciar seu projeto investigue se os recipientes, principalmente os de produtos de beleza, não possuem resquícios de elementos tóxicos como cloro ou ferrugem. Para prevenir contaminações tente impermeabilizar a parte de dentro do recipiente.

Tente combinar o tamanho do recipiente com o tamanho da raiz da planta escolhida. Algumas plantas (como fícus) tem raízes grandes e fortes, podendo danificar o recipiente ou até mesmo matar a planta, por isso, elas exigem recipientes espaçosos. Já plantas de raízes mais finas (como bambu-da-sorte) são mais fáceis em suportes mais delicados.

A sobrevivência da planta depende da quantidade de água que ela necessita. Então este é outro ponto a levar em consideração, o tipo de suporte deve ser compatível com a necessidade de água que ela precisa. Caso seja um recipiente fechado e não tenha como o excesso de água sair, o ideal é monitorar, diminuindo se necessário, a quantidade de regas, evitando que a planta resseque ou a raiz apodreça.

Outras dicas importantes é: evite materiais que absorvem muito calor, como os de metal (caso queira utiliza-los escolha plantas resistentes a temperaturas elevadas); tente reproduzir o ambiente natural da planta escolhida; caso vá misturar espécies diferentes de plantas pesquise bem para ter certeza que elas possuem as mesmas características.

Veja algumas ideias criativas.

tire-recycling-1195936__180

potted-plants-874049__180

hyacinth-747131__180

flower-meadow-1448417__180

daisy-1346049__180

84118-decor-das-duas-travessuras-gastronomicas-jardins-rafael-guimaraes-viva-decora

94379-jardim-jardim-da-recepcao-casa-cor-sp-2016-alalou-paisagismo-viva-decora-94379

102359-outros-ambientes-hunting-design-occoncur-viva-decora-102359

 

watering-can-1506750__180

 

Plantando

Plantas como o gerânio, amor-perfeito, petúnia, prímula, lobélia são ótimas opções para serem cultivadas. Elas armazenam em suas folhas, raízes e caules água, dispensando regas constantes.

Em locais que tenham furos nos fundos, para que a planta tenha um ótimo desenvolvimento, crie uma camada de drenagem com argila, seixo, pedregulhos, telhas, auxiliando assim, no escoamento do excesso de água. Coloque uma manta geotêxtil sobre a camada para depois inserir a terra.

Coloque terra até metade do recipiente e então coloque a planta. Segure a planta centralizada e ereta e vá introduzindo mais terra. Aperte toda a terra em volta da planta deixando-a bem firme e regue-a para completar o assentamento.aosta-965354__180

Então, mãos à obra! Estes vasos podem ser usados em diferentes ambientes: sala, cozinha, banheiro, churrasqueiras, jardim, quartos etc. Use sua criatividade e veja qual fica mais legal para seu espaço.

Compartilhe esta ideia com seus amigos e vamos florir nossas casa.

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *